FIM apoia o TTXGP da Ilha de Man

A FIM – Federação Internacional de Motociclismo, na pessoa do seu presidente, Vito Ippolito, realçou a importância do evento que se vai realizar a 12 de Junho deste ano:

O TTXGP.

Esta é uma prova que figura pela primeira vez no cartaz do mítico evento anual, o Tourist Trophy, que se realiza da Ilha de Man, e que se destina apenas a motos sem emissões de carbono.

Assim, a par com as motos desportivas convencionais, o enorme público que tradicionalmente se desloca à ilha do mar da Irlanda, vai poder ver, pela primeira vez, um confronto de tecnologias alternativas.

Vito Ippolito ainda salientou a necessidade de os construtores inovarem e se adaptarem a uma época de tão grande desenvolvimento e salientou que, o futuro do desporto motorizado de duas rodas, depende da capacidade dos diversos “players” inovarem rapidamente, e deixa um recado: “para as marcas que pretendam conquistar um lugar na história, é chegado o momento!”

Num reconhecimento público da importância deste apoio da FIM, o fundador do TTXGP, Azhar Hussein disse:

“Este é o primeiro grande passo para a criação de um campeonato. É um avanço lógico para o desporto e para a sociedade, na passagem da era do petróleo para a de energias mais eficientes e sustentáveis e, em última análise, uma mais responsável gestão da energia. O desporto motorizado esteve na origem da evolução do transporte pessoal e estamos confiantes que agora voltará a ser líder na evolução para o desenvolvimento ecológico. Por isso, esperamos que o Tourist Trophy da Ilha de Man faça pelos veículos baseados em novas tecnologias de baixas emissões de carbono, o mesmo que fez pelos veículos baseados no petróleo há cem anos atrás. Por isso estamos tão orgulhosos do apoio da FIM neste assunto. O nosso objectivo é proporcionar uma plataforma, um ambiente competitivo, que motive a nova tecnologia de baixas emissões de carbono a desenvolver-se e amadurecer. O que é igualmente de salientar, é o facto de os construtores, que em tempos formaram os pilares do desenvolvimento da indústria motociclística, (Honda, Yamaha, Harley, Suzuki, Ducati, BMW, Triumph…) ainda não se terem comprometido com nenhuma espécie de programa de corrida eléctrica. A Honda anunciou uma moto 100% eléctrica para 2010, mas somente a austríaca KTM é que apresentou um plano concreto de desenvolvimento de uma moto eléctrica!”

Para esta corrida já estão confirmadas as presenças de mais de cinquenta equipas de treze diferentes países, com nomes tão sonantes como Mission Motors, EV-0RR, Zero Carbon, Enertia e Jozz Bikes. A faculdade de engenharia da Universidade de Kingston está a desenvolver um projecto, e os próprios organizadores do TTXGP também estão a desenvolver um projecto próprio: a TTX01 Electric Superbike (na foto).

Saiba mais sobre este tema em:

Image

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s