Harley Davidson 48 (Forty Eight)


Numa evocação de outros tempos, a Harley Davidson apresenta-nos agora a “48”, cujo traço fisionómico mais relevante é precisamente o pequeno depósito em forma de amendoim, que lhe proporciona um aspecto compacto e poderoso, comparavel à postura de um Bulldog. Carregada de pergaminhos, esta nova versão da Sportster XL1200X é a protagonista de uma estratégia de angariação de novas legiões de “rebel metal warriors”, que se hão-de render aos encantos do mundo Custom por via desta “48”. Literalmente, a “48” é a embaixatriz de uma nova política de marketing especialmente concebida com o propósito de atrair e fidelizar clientela de ambos os sexos, proveniente de uma faixa etária mais jovem.

Para um iniciado, a “48” oferece um pacote muito consistente e atractivo: o V2 Evolution, pintado de negro com pormenores em alumínio polido, dotado de injecção electrónica sequencial, montado em blocos de borracha num quadro curto, está acoplado a uma caixa de cinco velocidades. Tem pneus gordos, jantes raiadas de 16 polegadas, guarda lamas cortados, e espelhos retrovisores colocados por debaixo dos punhos. Banco “solo”, guiador baixo e poisa-pés avançados propiciam uma posição de condução cheia de atitude, mas talvez um pouco radical demais para longos trajectos, finalidade para a qual a “48” tampouco parece empenhada em vocacionar-se, sobretudo por ser grandemente penalizada pela escassa capacidade do pequeno depósito (inferior a oito litros), pela dureza da suspensão e pela pouca inclinação permitida em curva. Mas esta Harley-Davidson adapta-se perfeitamente a pequenos percursos, a viagens de curta distância ou mesmo a uma utilização no dia-a-dia, já que a pouca altura do assento e as suas dimensões reduzidas não intimidam, e a suavidade do motor e comandos proporcionam uma grande manobrabilidade, mesmo no meio do trânsito citadino, onde somente a reduzida “brecagem” pode ser um “handicap”.
O elevado binário disponibilizado, apresenta-se constante ao longo da faixa de utilização do motor, o que faz da “48” uma moto extremamente fácil e agradável de conduzir, ressalvadas as devidas limitações. O preço desta Sportster 48 é de 10.750 euros, para a versão em negro, e mais 200 euros para as versões Laranja ou Prata.

A Harley-Davidson propõe ainda, para além de uma vasta gama de acessórios, um Kit de transformação “Dark”, que inclui o banco de molas “solo” (em negro ou castanho), escapes negros, piscas fumados e tampas de cárter “Dark Custom nº1” por um valor aproximado de 1300 euros.

 

Publicado na edição nº 230 da Revista MOTOCICLISMO

Fotos: Juan Carles Orengo

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s